A partir dos relatos de Atos 5.12 a 42 e 9.31, é possível ver o que significa ser uma igreja relevante.

A igreja relevante se conduz com ousadia na proclamação do evangelho: “Levantando-se, porém, o sumo sacerdote e todos os que estavam com ele, isto é, a seita dos saduceus, tomaram-se de inveja, prenderam os apóstolos e os recolheram à prisão pública. Mas,  lhes disse: Ide e, apresentando-vos no templo, dizei ao povo todas as palavras desta Vida. Tendo ouvido isto, logo ao romper do dia, entraram no templo e ensinavam. Chegando, porém, o sumo sacerdote e os que com ele estavam, convocaram o Sinédrio e todo o senado dos filhos de Israel e mandaram buscá-los no cárcere.” (At 5.17-21).

Em consequência da eficácia de sua missão, a igreja de Jerusalém despertou o ciúme e a inveja das autoridades judaicas. Conforme nota da Bíblia Sagrada Edição Pastoral, “os dominadores sentem que a prática da comunidade ameaça o poder deles, e, por isso, tentam abafar-lhe o testemunho. Mas a mensagem de vida não pode ficar presa.”

Na vez anterior em que estiveram perante o Sinédrio (cf. At 4), Pedro e João já haviam dito às autoridades: “Julgai se é justo diante de Deus ouvir-vos antes a vós outros do que a Deus; pois nós não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos.” (At 4.19,20).

A igreja que se propõe a ser relevante na sociedade não pode se intimidar, não pode jamais calar sua voz (At 18.9,10).

Escrevendo aos efésios (Ef 6.18-20), Paulo pediu a eles que orassem em seu favor e disse: “para que me seja dada, no abrir da minha boca, a  palavra, para  com intrepidez fazer conhecido o mis-

tério do evangelho, pelo qual sou embaixador em cadeias, para que em Cristo eu seja ousado para falar, como me aprouve fazê-lo.” Apesar das oposições do Sinédrio, os discípulos demonstraram ousadia na proclamação (At 5.42). Para ser relevante nos dias atuais, a igreja precisa proclamar com ousadia a mensagem do evangelho.

Rev. Eneziel Peixoto Andrade

 

Share →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *