“… em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou” (Rm 8.37); “O Senhor é o meu pastor; nada me faltará” (Sl 23.1); “Posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Fp 4.13).

Deus quer nos abençoar em todas as coisas. Mas, para vivermos de verdade os textos acima, devemos, primeiramente, viver este: “… buscai, pois, em primeiro lugar o Seu reino e a Sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mt 6.33).

Às vezes usamos as promessas de Deus para cobrar d’Ele algo para a nossa vida, mas existem algumas condições para realmente se viver uma vida repleta de bênçãos. Se usamos apenas alguns trechos da Bíblia para justificar os acontecimentos, corremos o risco de viver uma vida medíocre na presença de Deus. A Bíblia tem de ser lida, entendida e principalmente praticada no seu todo. Tudo o que ali está escrito tem um propósito; nada é descartável. Jesus Cristo veio ao mundo para morrer em nosso lugar e nos ensinar como deveremos viver para agradar a Deus. Aquele que diz: “Eu O conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade; mas qualquer que guarda a Sua palavra, nele realmente se tem aperfeiçoado o amor de Deus. E nisto sabemos que estamos n’Ele; aquele que diz estar n’Ele, também deve andar como Ele andou” (1Jo 2.3-6).

Temos de, a cada momento, buscar a direção de Deus para tudo. Não devemos buscar a Deus somente quando estamos em dificuldades nem viver correndo apenas atrás de Suas bênçãos. Jesus Cristo nos prometeu: “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que Eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos” (Mt 28.19,20).

Ora, se Jesus Cristo nos prometeu que estaria conosco para sempre, é porque é verdade. Nós é que nos esquecemos disso e, às vezes, andamos por caminhos que não levam a Deus. Quando caímos e nos deparamos com problemas, gritamos que tudo podemos naquele que nos fortalece. Sim, realmente tudo podemos em Jesus Cristo, mas o texto de Paulo diz que em nenhum momento ele se desviou dos caminhos de Deus, mesmo estando em dificuldades. Paulo glorificou a Deus nos piores momentos de sua vida, até quando viu a morte se aproximar, mas também sempre O glorificou nos seus momentos de abastança. Temos de viver nosso dia na presença de Deus. A Bíblia diz: “Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo dai graças; porque esta é à vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco” (1Ts 5.16-18).

Que nós possamos aprender a dar graças por tudo o que passamos. E que, em qualquer momento, possamos viver como verdadeiros adoradores. O verdadeiro adorador jamais fica sem o seu Objeto de adoração. E o nosso alvo é adorar a Jesus Cristo em todos os momentos para que Ele se agrade da nossa vida. Antes de qualquer coisa, coloque tudo nas mãos de Deus: sua vida, sua família, seus bens, etc., e, com certeza, você viverá na plenitude do amor de Deus.

“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito […] Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Rm 8.28,31). Uma coisa é certa: para termos vitórias temos de enfrentar as lutas. O grande problema é que muitos estão desistindo no meio do caminho, muitos não têm perseverado e, com isso, não veem a vitória chegar nunca. O desejo de Deus é nos abençoar, mas não podemos ficar parados. Não busque a sua vitória nos homens ou nas instituições; busque-as diretamente no Senhor. Nunca desista, nunca pare de lutar nem de crer. Aquilo que Deus tem para você ninguém poderá tirar.

Transcrito e adaptado Presb.º Roosevelt F. Silveira

Share →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *