Em Filipenses 4.8 e 9, escreve o apóstolo Paulo: “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento. O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso praticai; e o Deus da paz será convosco”.

Hoje, por onde se olha, só se veem coisas erradas. O mundo está caótico. Mas, se a nossa mente aprender corretamente a Palavra de Deus e for orientada pelo Espírito Santo, teremos condições de pensar somente coisas boas, corretas e edificantes, fazendo uma leitura correta da vida. A partir daí, poderemos nos entregar a uma prática coerente, sendo consequentemente, aprovados por Deus e agraciados com a sua paz.

O novo ano que está começando nos desafia a uma nova atitude em todos os aspectos da vida: pessoal, familiar, profissional, espiritual.

Conforme a mensagem de Filipenses 4.8 e 9, essa nova atitude deve incluir:

1. A valorização da vida virtuosa

“…se alguma virtude há… seja isso o que ocupe o vosso pensamento”.

A vida virtuosa envolve toda atividade excelente, valiosa e benéfica para a sociedade. Hoje, o que prevalece é a enganação, a esperteza, o malfeito; é um passando o outro para trás e todos sendo enganados. Entretanto, como cristãos, não podemos prescindir de uma vida pautada pelas virtudes cristãs. Sobre isso, escreve o apóstolo Pedro (I Pe 1.5-8): “por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa fé a virtude; com a virtude, o conhecimento; com o conhecimento, o domínio próprio; com o domínio próprio, a perseverança; com a perseverança a piedade; com a piedade, a fraternidade; com a fraternidade, o amor. Porque estas coisas, existindo em vós e em vós aumentando, fazem com que não sejais nem inativos, nem infrutuosos”.

Em Filipenses 4.8, Paulo alista algumas virtudes que caracterizam a vida virtuosa, a saber: tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama.

2. A valorização da devoção pessoal

“…se algum louvor existe… seja isso o que ocupe o vosso pensamento”.

A vida do cristão deve ser um constante culto a Deus. Escrevendo aos coríntios (I Co 10.31), Paulo afirma: “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”.

Em Colossenses 3.17, o mesmo princípio é apresentado: “E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai”.

Quando os crentes cultivam uma devoção pessoal intensa, isso transborda e culmina com o envolvimento nas atividades da sua igreja. A realidade seria completamente outra se todos nós nos mostrássemos sempre ocupados com as coisas que glorificam a Deus.

3. A coerência entre o pensamento e a prática

“O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso praticai”.

Um novo ano com nova atitude passa, necessariamente, pela coerência entre pensamento e prática. De nada adianta fazer planos, estabelecer metas, pensar coisas boas, se não houver o compromisso de praticar. Belas teorias não levam a nada se não partirmos para a prática.

Em Tiago 1.22 a 25 somos exortados a praticar a Palavra recebida: Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. Porque, se alguém é ouvinte da palavra e não praticante, assemelha-se ao homem que contempla, num espelho, o seu rosto natural; pois a si mesmo se contempla, e se retira, e para logo se esquece de como era a sua aparência. Mas aquele que considera, atentamente, na lei perfeita, lei da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte negligente, mas operoso praticante, esse será bem-aventurado no que realizar”.

Um novo ano com nova atitude! Esse é o desafio a todos nós! Havendo coerência, o resultado será inevitável, como expõe Paulo no versículo 9: “e o Deus de paz estará convosco”.

Rev. Eneziel Peixoto de Andrade
eneziel@hotmail.com

Share →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *